terça-feira, 26 de abril de 2011

Duvida ou acredita?

Se a dúvida é o início da sabedoria, devo estar quase lá.
Já diria Aristóteles que é preciso duvidar para saber .
Descobri em mim a habilidade de questionar tudo, principalmente às segundas-feiras quando imaginariamente sonho com um novo começo (bom).
Será que sempre fui assim?
Será que é passageiro?
Não sei.
Se soubesse tais respostas provavelmente não escreveria, não falaria, não emocionaria, não surpreenderia. Não fizesse nada e estivesse acostumado com as respostas fáceis e curtas. Com o óbvio.
Sem perguntar e duvidar eu seria só a metade.
Que Jesus, que nada! Prefiro "São" Tomé. Acredita no que vê e pagar pra isso, mesmo que um pouco depois perceba que talvez seria melhor a confiança.
Acreditar ou duvidar são duas cordas amarradas, cujo nó é entrelaçado pela confiança e pela realidade. Basta querer apostar em uma delas e ver o quanto suporta, pois até o que se vê pode não ser o que acha que é.
Depende do olhar de quem duvida ou acredita.

2 comentários:

Delirium disse...

Olá, desculpe pelo incômodo mas estou participando de uma promoção de dia dos namorados para ganhar uma viagem a Buenos Aires. Por favor, curta a foto de Ludmila e Tainá neste link
http://www.ferracini.com.br/namorados/mural.php?id=2686

E se possível dê uma passada no meu blog que volto aqui depois para ler o seu com mais calma =)

Mais uma vez desculpe pelo incômodo.
Lud.

Imagens engraçadas disse...

Legal seu blog.

http://bloghilariante.blogspot.com/

Caminham por aqui.