segunda-feira, 21 de setembro de 2009

A matéria dos sonhos

Tudo começa por questionamentos, menos os sonhos.
Os sonhos nascem da perspectiva de uma vida melhor, da ideia de um mundo feliz aos nossos olhos e de uma realidade nem sempre tangível, mas imaginável e sensível aos nossos sentidos, que fabricam e idealizam um mundo de sonhos.
Os sonhos são simplesmente as respostas diretas, nem sempre confiáveis, mas que nos fazem mover, buscar algo melhor.
O que seria a vida sem sonho?
Nos confundimos tanto ao sonhar, que ao acontecer algo muito bom na vida acreditamos que estamos sonhando, e ao ter sonhos muito bons, acreditamos estar vivenciando-os. Mas não sabemos se o bom da vida é sonhar ou conseguir realizar os sonhos.
Na falta do que fazer, seguimos sonhando com algo novo e sempre traçando novos objetivos e metas e, se difíceis e árduos de serem conquistados, os apelidamos de sonhos.
Mas somos muito egoístas, pois todos os dias há sonhos para serem vivenciados e continuamos cegos e tapados em busca de coisas que nos disseram ser boas. A matéria dos sonhos, é na verdade a nossa própria vida e os acontecimentos do dia-a-dia.
Por isso viva o sonho de um dia de chuva, o sonho do nascer do sol, o sonho de se arrepiar ao toque da música que gosta, o sonho de dar um beijo apaixonado na pessoa que ama, o sonho...
Construa seus sonhos na vida que se vive e não na vida que se sonha. Faça de cada acontecimento a realização de um sonho(e esqueça os pesadelos), pois não se sabe até quando a vida nos permitirá sonhar.

2 comentários:

christopher disse...

Como seria bom se todos sonhassem cada momento da vida. Adorei o post. =)

contraste disse...

To curtindo seus textos pela essencia simplista que voce vem inserindo neles. Eu sempre fui influenciado por essas reflexoes ditas 'normais', vivencias cotidianas e com percepções no que sempre está acontecendo todo dia sem que percebemos. E justamente pela dificuldade de sentirmos realizados em tal momento estamos sempre criando os sonhos. Mas, sonho é o presente!

Caminham por aqui.